Compartilhe

ABF debate "Empoderamento das Mulheres no Mundo dos Negócios"

Segundo pesquisa divulgada no Simpósio Mulheres do Franchising, nas franquias com até cinco anos, participação feminina em cargos executivos é de 40%


 

Em um Brasil em que a equidade de gêneros deverá levar cerca de 80 anos, não é de espantar o fato de 46% das franqueadoras não possuírem mulheres em cargos executivos.  Também, não choca que 8% da população feminina no País seja dona de seu próprio negócio, segundo dados do Serasa Experian.

Diante de tais dados e com 49% das unidades no franchising sendo dirigidas por mulheres, a ABF (Associação Brasileira de Franchising) promoveu na manhã de quarta-feira (19), o 3º Simpósio Mulheres do Franchising para debater o “Empoderamento das Mulheres no Mundo dos Negócios”.

Por cinco horas, o evento organizado pelo Comitê Mulheres do Franchising, coordenado por Sandra Brandão, do escritório Brandão, Oliveira & Gabrielli Advogados e cocoordenado por Lyana Bittencourt, do Grupo Bittencourt; Rita de Cássia Poli, do Big X Picanha e Eleine Bélaváry, da Ecojardim discutiu temas relacionados a atuação da mulher no mundo corporativo e, ainda, divulgou os resultados da pesquisa “Liderança Feminina no Franchising”.

“Liderança Feminina no Franchising”

De acordo com dados apontados pela pesquisa “Liderança Feminina no Franchising”, as redes com menos de cinco anos possuem um percentual de 40% de mulheres em cargos executivos.

Segundo o estudo, a participação feminina cai no total de cargos executivos de acordo com o aumento da idade da empresa. Entre as redes com seis a dez anos, o índice é reduzido para 34%. Já nas franqueadoras com mais de dez anos, o percentual é de 31%.

"O franchising tende a ser feminino, superando a tendência mundial de maior participação das mulheres no mercado de trabalho, se comparado aos índices das grandes empresas", afirma a presidente da ABF, Cristina Franco.

No levantamento não foram considerados colaboradores das unidades próprias e franqueadas. O nível de confiança é de 95% e o erro amostral de 6%.

O 3º Simpósio Mulheres do Franchising contou com explanações de Cristina Franco, presidente da ABF; Carla Sarni, presidente do Grupo Sorridents; Eleine Bélaváry , Juliana Munemori, membro dos conselhos da Arezzo e da UATT; Lucy Satsuki Onodera, da Onodera Estética; Lyana Bittencourt, Raphael Chagas, da Uniko Consultoria; Rosely Albuquerque, do O Boticário, Rosangela Manfredini, coach; Rita de Cássia Poli e Sandra Brandão. 

Por Carla Caroline