Compartilhe

Arquiteta investe em franquia e recupera aporte em tempo recorde

Depois de voltar da Suíça, Irlane Souza decidiu empreender em franquia de sapatos


 

 

A arquiteta Irlane Souza (39) não tinha ideia de que se tornaria uma empreendedora de sucesso quando decidiu investir na sua primeira franquia, a Quinta Valentina, com apenas R$ 16 mil , em dezembro de 2014.

Formada em arquitetura, Irlane morou seis anos em Zürich, na Suíça, trabalhando na sua área de formação até decidir voltar para o Brasil, para sua cidade natal Feira de Santana (BA). O intuito dela era continuar atuando como arquiteta e quando possível abrir o seu próprio negócio. “Além do escritório de arquitetura que eu tinha, decidi ingressar também no franchising por ser um modelo mais seguro e com retorno mais rápido de investimento”, diz.

O grande desafio foi escolher algo que pudesse conciliar com sua profissão. Foi neste momento que Irlane pensou em ter uma operação home-based, aliada à sua segunda paixão: sapatos. “Sou arquiteta e trabalho com muito amor na minha carreira. Então, procurei algo que me desse prazer em trabalhar e não somente algo que aumentasse a minha renda! Este foi o segredo de crescer tão rápido”, completa.

Ela adquiriu a franquia pela possibilidade de atuar no atendimento personalizado, ou seja, na residência das clientes. Para Irlane, esse formato operacional pode render sucesso devido à sinergia com as pessoas. A empreendedora testou o modelo e se transformou em uma franqueada de sucesso.

Como sou autônoma, precisava de algo que fosse compatível com meus horários. E eu não podia ter mais despesas com funcionários, aluguel de ponto, luz, água, entre outros. Para a minha surpresa, assim que assinei o contrato, já estava recebendo clientes”, completa a franqueada.

Irlane afirma que iniciou sua operação atendendo as mulheres da sua família e alcançou a meta traçada por ela mesma em vários dias. “Estava apenas com metade do estoque, senão venderia muito mais. Consegui o retorno do investimento em menos de dois meses”, relata.

Com oito meses de operação, Irlane já faturou R$ 30 mil. “Com a Quinta Valentina alcancei um alto nível de crescimento pessoal e aperfeiçoamento profissional. Cresci junto com a rede e tenho planos de inaugurar mais operações em outras cidades”, destaca.

A empresa pretende dobrar este número em 2015, com as novas unidades e prevê faturamento estimado de R$ 10 milhões este ano. A rede prevê fechar o ano com 150 unidades por todo o Brasil.

Da Redação