Compartilhe

Cervejas especiais: oportunidade de negócio para mulheres empreendedoras

Franquia Mestre-Cervejeiro.com, do sommelier de cervejas Daniel Wolff, possui duas lojas comandadas por mulheres; serão seis até o início de 2015


 

Terceiro mercado produtor de cervejas no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e China, o Brasil vê gradativamente o paladar dos apreciadores de cerveja se tornar mais exigente e refinado, abrindo  oportunidades  para pequenas cervejarias nacionais e estrangeiras e sinalizando um crescimento  para o setor de cervejas especiais de 40% ao ano. “O público feminino têm grande participação nesse movimento”, acredita Daniel Wolff, sommelier de cervejas e fundador da rede de franquias Mestre-Cervejeiro.com, que está completando dez anos. ”As mulheres têm um paladar mais exigente. Gostam de saborear a bebida e estão sempre em busca de sabores diferentes”, explica.

Quando o assunto é cerveja especial, Wolff aposta na mulher também como empreendedora. Das oito lojas que a rede possui, duas são comandadas por mulheres e serão seis até o início de 2015. “Como em todos os setores da sociedade e áreas de atuação, as mulheres estão conquistando espaço no ramo cervejeiro e vendo a cerveja especial também como um bom negócio”, reforça Wolff.

É o caso da advogada Juliana Ducatti (31) que em julho abriu uma franquia Mestre-Cervejeiro.com em Cascavel, interior do Paraná, e já no dia da inauguração comprovou o momento de ascensão das cervejas especiais, atendendo 200 consumidores, das 18h às 2h. Juliana descobriu a paixão pelos rótulos especiais, quando quis surpreender o marido e o presentou com garrafas de cervejas exclusivas. “Gostamos tanto que degustar outros rótulos especiais passou a ser nossa diversão de fim de semana. Cada garrafa aberta era uma nova experiência e, com o tempo, passamos a presentear familiares e amigos. Virou uma paixão também no nosso círculo de amizades”, relembra.

Mas foi em 2013 que a paixão por cervejas se tornou uma oportunidade real de negócio. Com um capital para investir, e já em contato com Daniel Wolff através da página do Mestre-Cervejeiro.com no Facebook, Juliana pensou: “Por que não investir em algo que eu gosto?”. Para ela, cerveja artesanal é uma cultura que vem se popularizando entre as mulheres. “Estamos quebrando todos os tabus e conversando de igual para igual com os homens sobre cervejas. Os clientes se surpreendem quando encontram uma mulher que entende do assunto atrás do balcão”, diverte-se.

Entre os 100 rótulos disponíveis em sua loja, Juliana, como boa apreciadora, tem sua favorita. “As cervejas belgas têm um sabor especial e minha preferida é a Gouden Carolus Tripel, conta. Para o franqueador, ter mulheres no comando de uma franquia Mestre-Cervejeiro.com só tem vantagens. “Além de ajudar a difundir o prazer de saborear uma cerveja como já se faz com vinho, as mulheres prestam atenção em todos os detalhes, são caprichosas e boas de papo. A clientela adora!”.

Além da franquia de Cascavel, a unidade de Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo, também é comandada por uma mulher. Em 2015, outras quatro franquias do Mestre-Cervejeiiro.com vão contar com o comando de mulheres:  Brasília (DF) e Poços de Caldas (MG) e Londrina (PR).

Sobre o Mestre-Cervejeiro.com – Criado em 2004 pelo sommelier de cervejas Daniel Wolff, inicialmente como um site para divulgar a cultura cervejeira, o Mestre-Cervejeiro.com é, hoje, uma rede de franquias especializada em cervejas especiais com presença nos estados de São Paulo e Paraná com a previsão de abertura de mais cinco lojas até o final de 2014. Mais informações, inclusive para interessados no sistema de franquia estão disponíveis no site http://www.mestre-cervejeiro.com/

Por Keila Marques