Compartilhe

Computadores reconhecem 21 expressões faciais diferentes, diz estudo

A pesquisa é da Universidade de Ohio


Cientistas norte-americanos conseguiram encontrar uma forma para que computadores possam reconhecer 21 expressões faciais diferentes e complexas - uma descoberta vista como inovadora para a área de estudos cognitivos.


Uma equipe da universidade estatal de Ohio, norte dos Estados Unidos, criou uma maneira para que os computadores estabeleçam claramente mais do que o triplo das expressões faciais que conseguem identificar atualmente.

"Fomos além das expressões faciais, a emoções simples como 'feliz' ou 'triste'. Chegamos a uma forte coerência entre como as pessoas mexem os músculos faciais para expressar 21 categorias de emoções", disse Aleix Martínez, pesquisador da área cognitiva e professor de engenharia elétrica e informática da Ohio State University.

"Isto é simplesmente impressionante. A descoberta nos diz que estas 21 emoções se expressam da mesma maneira em quase todas as pessoas, pelo menos em nossa cultura [ocidental]", explicou Martínez.

A pesquisa, divulgada na última edição das Atas da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos (PNAS), pode ajudar futuramente no diagnóstico e tratamento de doenças mentais como o autismo e o transtorno de estresse pós-traumático.

Até o momento, os cientistas cognitivos limitaram seus estudos para o segmento de emoções básicas: feliz, triste, amedrontado, enojado, surpreso e desapontado.

Com os resultados obtidos nesta pesquisa, será possível aumentar consideravelmente a gama de emoções detectáveis após fotografar as respostas de 230 voluntários a estímulos verbais como: "você acaba de saber uma notícia inesperada" ("felizmente surpreendido"), ou "está fedendo" ("enojado").

Uma observação das 5.000 imagens resultantes permitiu aos investigadores identificar variações diferentes em certos músculos faciais, como os cantos da boca ou ao redor da sobrancelha.

Os pesquisadores estudaram minuciosamente os dados do sistema Facial Action Coding System (FACS), uma ferramenta comumente utilizada na análise da linguagem corporal, buscando semelhanças e diferenças nas expressões.

Assim, 21 emoções puderam ser detectadas: as seis emoções básicas, mais "emoções compostas" que eram uma combinação destas.

Por exemplo, "felizmente surpreendido" foi uma reação de alguém que recebe boas notícias inesperadas.

Os cientistas conseguiram identificar essa emoção a partir da análise de expressões de contentamento - um esboço de sorriso - e surpresa, que fazia com que os participantes abrissem muitos os olhos e deixassem a boca aberta.

Em 93% dos casos, os participantes refletiram a emoção de "felizmente surpreendido" como uma mistura das reações de "feliz" e "surpreso".

Por Fouad Matuck