Compartilhe

Conheça cinco modelos de franquias para investir no público infantil

Franquias educacionais voltadas para crianças podem ser uma boa escolha para quem deseja empreender


 

 

O mercado de educação está em constante crescimento. Segundo pesquisa da ABF (Associação Brasileira de Franchising), as franquias educacionais cresceram 15% em faturamento no ano de 2015.

Uma segmentação dentro da área de educação é o público infantil. Trabalhar com crianças pode ser gratificante e, cada vez mais, os pais buscam educação de qualidade pensando no futuro de seus filhos.

Em função disso, o Grupo Prepara, tem duas opções de marcas voltadas ao público infantil: a Ensina Mais, de apoio escolar, e a Pingu’s English, uma rede de inglês.

A Ensina Mais está no mercado educacional desde 2012 e possui mais de 100 unidades em todo o Brasil. A rede oferece apoio escolar para alunos do Ensino Fundamental nas disciplinas de matemática, português, inglês e informática. Todas utilizam um método diferenciado que se baseia na tecnologia em sala de aula e no atendimento individualizado, a fim de melhorar o rendimento escolar dos pequenos.

Para quem deseja investir em uma franquia da Ensina Mais, existem três modelos de negócios disponíveis. O empreendedor pode optar pela versão Full, uma unidade completa com toda a infraestrutura necessária, que tem o investimento inicial a partir de R$ 100 mil. Existem também os modelos In School e Flex. O primeiro será instalado dentro de uma escola de ensino regular e tem investimento inicial de R$10 mil. Já o segundo é uma unidade que concentra duas marcas educacionais do Grupo Prepara, à escolha do franqueado.

A Pingu’s English é uma marca consolidada ao redor do mundo e possui cinco unidades em operação no país, por meio do grupo inglês Linguaphone, que chegou ao Brasil em 2015. A rede oferta ensino de inglês para crianças com idade entre três e oito anos.

Para quem deseja investir, dois modelos de negócio estão disponíveis: o modelo Center é uma escola completa e adaptada às especificidades do público. Para essa opção, o investimento inicial é a partir de R$ 100 mil. A rede conta com a opção In School, a ser instalada em escolas regulares, e o investimento inicial para o modelo é de R$ 30 mil.

Para o presidente do Grupo Prepara, Rogério Gabriel, o investimento na educação infantil é uma aposta no futuro. “Preparar as crianças para a vida escolar e profissional desde cedo é o desejo de muitos pais, por isso, é importante fornecer opções de ensino de qualidade para que os pequenos. Além disso, trabalhar com educação infantil é muito prazeroso e recompensador”, afirma o empresário.

 

 

Da Redação