Compartilhe

Empresa de cosméticos adota cães melhorar o desenvolvimento no trabalho dos colaboradores

Localizada em Taboão da Serra (SP), a Inoar abriga em dependências três cães recolhidos das ruas


 

A primeira a chegar foi Lilica, uma cadela de porte grande resgatada das ruas pela fundadora da Inoar, Inocência Manoel, que estava indo a uma reunião e viu a cadelinha, debaixo de chuva, com um corte na cabeça e sangrando. Inocência a resgatou e levou para a empresa, de onde nunca mais saiu.

Em seguida, a empresária encontrou Leleco, abandonado em uma caixa. Os funcionários da companhia localizada em Taboão da Serra (SP) contam que davam mamadeira para o filhotinho e que disputavam o tempo em que podiam tê-lo no colo. Há mais de três anos na empresa, Leleco estrela campanhas publicitárias da marca, que é contra os testes em animais.

No último mês, ao mudar de prédio e oferecer novas instalações aos colaboradores e, também, aos cães (eles têm canil no novo espaço), a empresa foi surpreendida com mais uma moradora: a pequena Tchuly. A cadelinha, de pouco mais de um ano de idade, ficava à frente do prédio em construção e os funcionários passaram a oferecer ração e água. Tchuly integra o time canino da Inoar.

Os pets são vacinados e medicados pelos proprietários da empresa, passeiam diariamente e ganham banho semanal em pet shop.

Para Inocência Manoel, a presença dos animais contribui para a rotina da empresa e é benéfica para os colaboradores. “Há pesquisas que comprovam que a interação do ser humano com animais é fundamental. Na Inoar vemos isso todos os dias. Nossos cães andam soltos pelo escritório e os colaboradores encontram um tempo para um afago. Conversamos com os bichos, rimos das brincadeiras deles e isso afasta o estresse de qualquer ambiente”, diz.

Da Redação