Compartilhe

Menopausa precoce, por que pode ser grave?

Até 7% das mulheres sofrem com esse problema, diz especialista


 

 

Estresse intenso, infecções, quimio ou radioterapia e doenças autoimunes são algumas das causas para que mulheres antes dos 40 anos de idade tenha a menopausa precoce. Quando paramos de produzir estrogênio podemos ter ondas de calor, dores nas articulações, ressecamento da pele e a diminuição da libido sexual. Há, também, um maior risco de doenças como infarto, acidente vascular cerebral, osteoporose e demência.

Segundo a ginecologista e obstetra Mariana Halla, tanto a mulher que tem uma menopausa normal quanto a que é acometida pela menopausa precoce, os sintomas são os mesmos, porém, mais intensos.

“O organismo feminino antes dos 40 não está preparado para a pausa hormonal. Ou seja, há chances maiores de ter depressão, perda de memória e piora da qualidade de vida’’, destaca a profissional.

Uma dica que a ginecologista traz é sobre a importância da alimentação. “Comidas industrializadas,  sal em excesso, açúcar e farinha branca, dentre outros alimentos devem ser evitados”, observa.

 A especialista destaca o tipo de tratamento: “Além de uma alimentação equilibrada e de atividades físicas, a reposição hormonal é importante para que a mulher possa ter uma vida normal’’, conclui a ginecologista Mariana Halla.

Da Redação