Compartilhe

Mulheres se destacam no Franchising

À frente de empresas nos mais diversos segmentos, elas têm protagonizado uma importante mudança no mercado de trabalho mundial


 

As mulheres têm protagonizado uma importante mudança no mercado de trabalho mundial. Maioria da população, representando 51,4%, de acordo com Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatítica), o sexo feminino ocupa um espaço cada vez maior no mercado e são responsáveis pelo sustento de 37,3% dos lares. Segundo um levantamento da Fundação Carlos Chagas, entre 1976 a 2007, elas representaram um acréscimo de 32 milhões de trabalhadores, desempenhando papéis relevantes no crescimento da população economicamente ativa.

No franchising a presença delas é expressiva. Previsões da ABF (Associação Brasileira de Franchising) dão conta que 48% dos novos franqueados em 2015 deverão ser mulheres. Hoje, elas representam 42% do total de franqueados no país, no setor que prevê faturamento de R$ 136,9 bilhões até dezembro. No Brasil, existem mais de 56 mil mulheres operando franquias em setores que vão desde cuidados estéticos até alimentação.

 

Elas chegaram para ficar

Decidida a empreender, Luciana Lehmkuhl buscou o setor de franquias pela segurança que traz uma marca consolidada no mercado. Depois de pesquisas, ela escolheu a Rede Premiatto, franquia inaugurada em Campinas (SP), que oferece comida rápida com qualidade Premium. “Optei por uma franquia na área alimentícia, porque o crescimento do setor tem se mantido constante mesmo com o desaceleramento econômico. Este segmento é um dos líderes do mercado e traz segurança ao investidor”, comenta.

Para Beatriz Kuyumjian, a decisão de empreender aliou-se à vontade de gerenciar um serviço inovador, por isso buscou uma marca que iniciava o processo de expansão via franchising. Franqueada da Das Brot, café e padaria, que oferece pães e doces Alemães, fabricados com fermentação natural e importados diretamente da Alemanha, Beatriz conta que a experiência de participar do processo de desenvolvimento da marca tem sido uma ótima oportunidade. “É uma experiência muito enriquecedora participar desde o início da elaboração de um projeto piloto para desenvolver uma franquia. Nossa loja tem sido um ‘laboratório’ para aprimoramento deste projeto, e estamos sempre buscando inovações” relata.

Segundo as empresárias, um dos maiores desafios do cotidiano é realizar uma gestão competente, manter os colaboradores motivados e focados nas atividades diárias. “Com técnicas de supervisão, planejamento, acompanhamento e constantes treinamentos, nossa prática tem demonstrado que isto é possível” comenta Beatriz.

Mais do que uma gestão competente, o empresário precisa estar atento às mudanças constantes que o mercado sofre e estar preparado para os desafios diários. Apesar do suporte do franqueador, deve-se ter personalidade empresarial”, complementa Luciana.

As mulheres estão se posicionando profissionalmente e garantindo espaço em vários setores, inclusive na área empresarial. Nossa dica para quem busca um novo negócio é que tenha foco, determinação, gerenciamento do tempo e constante reciclagem. Tenha em mente buscar a excelência em tudo o que fizer. Coloque ‘o coração’ em tudo que buscar”, finalizam.

Da Redação