Compartilhe

Rede Mulher Empreendedora promove a 2ª edição do "Prêmio Mulheres Tech em Sampa"

Ação vai distribuir R$ 50 mil em prêmios; Google For Entrepreneurs e Prefeitura de SP apoiam o evento


 

 

O movimento empreendedor feminino vem ganhando força em São Paulo. Além de ocuparem 52% das posições de liderança em pequenas e médias empresas localizadas na capital, estudos apontam que companhias geridas por mulheres conseguem ser até 25% mais rentáveis.

Para apoiar este público, a RME ( Rede Mulher Empreendedora), o Google For Entrepreneurs e a Tech Sampa - política da Prefeitura de São Paulo de fomento a novas empresas de tecnologia -, lançaram a 2ª edição do "Prêmio Mulheres Tech em Sampa". O anúncio foi feito no dia 1º de setembro, durante o IV Fórum Empreendedoras, em São Paulo.

O Prêmio distribuíra R$ 50 mil reais entre cinco projetos, que sejam coordenados por mulheres e que tenham como propósito ampliar a participação feminina no setor de tecnologia e no ecossistema de startups da cidade, por meio de iniciativas gratuitas ou de baixo custo, realizadas durante o ano de 2016. As vencedoras receberão, também, um ano de mentoria exclusiva com Ana Lúcia Fontes, empreendedora e fundadora da RME.

Na 1ª edição, foram premiados projetos como o RodAda Hacker, uma oficina de programação que ensina desenvolvimento de site, blog ou aplicativo para meninas e mulheres, e o Mulheres 50+ em rede, que promove a capacitação de empresárias a partir de 50 anos para melhorar a visibilidade de seu negócio e gerar novas perspectivas de empreendedorismo digital.

As interessadas podem se inscrever até o dia 16 de outubro, no site do Prêmio Mulheres Tech em Sampa. As propostas, serão avaliadas por uma comissão julgadora conforme critérios estabelecidos pelo regulamento do Prêmio.

Da Redação