Compartilhe

Tenho peito! Eu me cuido

O câncer não tem cara, não tem idade, não tem endereço: ele pode bater à sua porta. Cuide-se. Previna-se


 


Tenho peito! Eu me cuido. É de forma assertiva que em outubro, buscando, através do Outubro Rosa, informar e conscientizar a população sobre o que envolve o Câncer de Mama: fatores de risco, rastreamento e diagnóstico, modalidades terapêuticas e prevenção.

Essa “celebração” anual iniciou-se em 1997 nos Estados Unidos, utilizando como marca registrada um laço rosa lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure em 1990 e distribuído a alguns corredores de rua naquela oportunidade.

Disseminando-se de forma muito rápida, chegou aos quatro cantos do mundo em poucos anos, tornando-se um dos grandes movimentos de atenção ao câncer.

A materialização desse movimento extrapolou os laços e é visto, atualmente, em iluminações de prédios e monumentos mundo afora, como o Pão de Açúcar, Torre Eiffel e Opera de Sidney, dentre outros. Camisas em grupos, publicações virtuais, fotos individuais em redes sociais, estratégias corporativas são alguns dos exemplos de como essa ideia faz parte de toda a sociedade nos dias atuais.

O objetivo desde o início e a cada dia mais ressaltado é fazer com que toda essa “comemoração” e divulgação consiga alertar, em especial as mulheres, sobre a necessidade de prevenir e rastrear o câncer de mama, visto ser esse a neoplasia maligna que mais acomete e mata a população feminina em praticamente todo o mundo.

Não se esqueça: o câncer não tem cara, não tem idade, não tem endereço: ele pode bater à sua porta. Cuide-se. Previna-se.

Elge Werneck

É membro titular da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica e tem o CRM: 119.351. Ele atua na prevenção, no diagnóstico e no tratamento do câncer na Clínica de Oncologia e Hematologia de São Paulo, no Grupo Paulista de Oncologia (GPOI) e Hospital Nove de Julho. É coautor do livro "Câncer e Prevenção" - MG Editora, 2013 - é Preceptor de Residência Médica em Oncologia. Sua formação inclui cursos em universidades americanas, como a Universidade de Yale e a Universidade da Filadélfia.