Compartilhe

Vale da Seda participa da SPWF

Lenços, echarpes e xales 100% seda da marca estarão à venda na FFW SHOP em março do ano que vem.


 

A marca do Vale da Seda, região que engloba 29 municípios do Noroeste do Paraná, com sede em Maringá (PR), foi a única marca paranaense selecionada para estar na edição Verão 2016 da Fashion Forward Shop (FFW SHOP), loja conceito que reúne marcas de várias partes do país e lança tendências durante a São Paulo Fashion Week (SPFW). Lenços, echarpes e xales 100% seda da marca estarão à venda na FFW SHOP em março do ano que vem.        

Mas, já na edição de Inverno 2015, que começou na última nesta segunda-feira (3), o presidente do Instituto Vale da Seda, João Berdu, visitará as instalações da loja para conhecer a ambientação, o espaço e, principalmente, o público da SPFW. 

De acordo com a coordenadora do Setor de Vestuário do Sebrae-PR, Carla Cristina Werkhauser, que foi responsável por indicar micro e pequenas empresas do estado para a triagem da FFW, em parceria com o IN-MOD - Instituto Nacional de Moda e Design, muito da atmosfera da SPFW está nos corredores e nos eventos paralelos que acontecem durante a semana. “É muito importante que o Vale da Seda participe de tudo isso, para entrar no clima”, diz.

Para ela, diversos fatores colaboraram para a escolha da marca. “O tema da edição, a estação e o design diferenciado ajudaram. Mas, o que mais contou foi o momento: pelo mix de produtos disponíveis, acredito que eles acharam interessante ter o Vale da Seda presente”, explica.

  Segundo Berdu, a escolha do Vale da Seda é um exemplo da força de um conceito de diferenciação baseado na identidade regional, e que está disponível às empresas de confecção do Paraná. “O IN-MOD é uma das maiores autoridades do Brasil em termos de identificação de tendências e conceitos que possibilitem a agregação de valor à moda brasileira. A região que mais produz seda no Ocidente tem um poderoso potencial de diferenciação em relação às demais regiões produtoras de moda do Brasil. Temos ainda muito trabalho pela frente, mas estamos começando muito bem”, diz.

O Vale da Seda

         Trata-se da região que mais produz casulo de bicho da seda em todo o Ocidente. No Vale da Seda as propriedades agrícolas que se ocupam da criação do bicho da seda são facilmente reconhecíveis pelos campos de amoreira que circundam a moradia dos agricultores e também pelo barracão da criação. O bicho da seda se alimenta somente de folhas frescas de amoreira, cortadas ao amanhecer e “servidas” várias vezes ao dia.

         Em menos de um mês o bicho da seda faz seu casulo. Na fiação de seda, as máquinas automáticas “desenrolam” o único fio de mais de 1,2 mil metros de comprimento que forma o casulo, juntando-o a outros e dando origem ao fio que se transforma no tecido usado nas mais valiosas e coloridas peças de vestuário produzidas no mundo.

Vale da Seda/Foto: Gazeta do Povo