Compartilhe

Violência contra mulheres no metrô de SP

Ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres emite nota oficial


Dados os escândalos de violência sexual nos transportes público do país, o Governo Federal se viu obrigado a pronunciar-se oficialmente. Leia o texto na íntegra:

Nota da ministra Eleonora Menicucci sobre a violência contra mulheres no transporte público

A covardia dos ataques a mulheres no transporte público, verificada principalmente em São Paulo, escancara a face invisível da brutal violência sexual vivida a cada dia pelas mulheres. Por meio de ações planejadas em redes sociais, agressores transformam-nas em reféns: elas muitas vezes não têm como abandonar imediatamente o canto do veículo onde estejam.

Essas agressões precisam ser enfrentadas por toda a sociedade, na sua baixeza de atentados aos direitos humanos das mulheres. A melhor maneira de combater esse comportamento ignóbil é denunciá-lo, numa iniciativa tanto da própria passageira, quanto de quem o testemunhe. Afinal, este pode ser enquadrado na Lei Maria da Penha. A Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República vem planejando ações, em parceria com as responsáveis pelas políticas de mulheres do município e Estado de São Paulo, para coibir esta violência.

 

Eleonora Menicucci

Ministra de Estado Chefe da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República

 

Por Fouad Matuck